Circuito Americano de Homens

KOEPKA FEZ HISTÓRIA NO PGA TOUR COM TRIUNFOS EM 2017 E 2018 NO US OPEN

US Open

Data: 15 a 17 de Junho de 2018
Campo: Shinnecock Hills GC
Par: 70
Local : Southampton, Nova Iorque, EUA

Resultados

 

O US Open é um Major organizado pela USGA – United States Golf Association – que foi instituído em 1895, mas que, só em 1965 passou a ser disputado como hoje, em quatro dias, de 5ª feira a domingo, tendo início no segundo domingo de Junho.

Os campos onde têm sido jogados estes torneios apresentam-se sempre meticulosamente preparados, sendo escolhidos os que têm fairways estreitos e roughs altos, sendo os greens cortados de modo a torna-los rápidos e homogéneos.

Estas características impostas aos campos onde se jogam os US Open, obrigam os jogadores a produzirem o seu melhor jogo, e determinam que os resultados finais não sejam muito volumosos, sendo o par do campo já um bom resultado final, o que, mais uma vez, foi confirmado, tendo o melhor resultado este ano sido +1.

Esta competição já teve como palcos, nos últimos anos, os campos dos seguintes clubes: Torrey Pines Golf Club (2008); BethPage State Park (2009); Pebble Beach Golf Links (2010); Pinnehurst Resort & CC (2014); Chambers Bay (2015); Oakmont CC (2016); e, Erin Hills (2017).

Este ano a 118ª edição do torneio – que não se realizou em 1917 e 1918 (1ª Guerra Mundial) e de 1942 a 1945 (2ª Guerra Mundial) – disputou-se no campo do Shinnecock Hills Golf Club, fundado em 1981.

Este campo situa-se a 145 kms a leste da cidade de Nova Iorque, em Southampton, Long Island, que recebeu este ano pela quinta vez este Major, tendo sido palco do mesmo em 1896, 1986, 1995 e 2004.

O campo de Shinnecock Hills Golf Club recebeu em 2004 este torneio, que teve como vencedor o sul-africano Retief Goosen, então com 35 anos, que já havia também conquistado este Major em 2001, no campo de Southern Hills CC, em Tulsa, no Oklahoma.

O campo do Shinnecock Hills Golf Club, de tipo links, foi redesenhado por William Flynn e reabriu em 1931, após ter beneficiado de extensões e renovações desde 1891, tendo sido restaurado pela última vez em 2016.

Este campo irá receber também o US Open em 2026.

O campo tem 6.808 metros de comprimento, par 70, podendo ser conhecido aqui.

O vencedor do torneio foi o americano de West Palm Beach, na Florida, Brooks Koepka, 28 anos, que no fim da terceira ronda se encontrava empatado, com: Daniel Berger, 24 anos, de Salt Lake City, no Utah; e, Dustin Johnson, 33 anos, que nasceu em Columbia, na Carolina do Sul, tendo todos 3 pancadas acima do par do campo.

Este ano, como em 2004, em que se disputou este Major no campo de Shinnecock Hills Golf Club, com par 70, a USGA organizadora do evento, recebeu várias reclamações dos jogadores sobre o set up do campo, sobretudo no sábado em que se sentiu vento forte, com os greens muito secos e com os buracos dos greens feitos segundo alguns jogadores em locais inapropriados face às condições atmosféricas.

O campo foi considerado naquele dia por todos os jogadores muito difícil com greens duros, muito secos, estado que, somado ao vento forte tornou as jogadas muito problemáticas.

Na terceira ronda só dois jogadores – Berger e Finau – obtiveram resultados abaixo do par, 66 pancadas, tendo sido obtidos oito resultados na casa das 80 pancadas.

Esta situação do campo foi nitidamente melhorando tendo – face às condições meteorológicas previstas para domingo – sido distribuída água pelos greens e efetuado um corte de relva mais apropriado à situação prevista.

O vencedor Koepka obteve a vitória com as marcas de 75, 66, 72 e 68 pancadas, um shot acima do par do campo, que produziu com: 14 birdies; 45 pars; 11 bogeys; e, 2 double-bogeys.

Koepka, que se tornou profissional em 2012, fez história ao conquistar este Major pela segunda vez em anos consecutivos, igualando o último feito de Curtis Strange que venceu o US Open em 1988 e 1989.

Koepka obteve a terceira vitória no PGA Tour igualando o número de vitórias que alcançou no European Tour, tendo obtido quatro no Challenge Tour – 2ª divisão do European Tour – tendo obtido ainda duas vitórias no Japan Golf Tour.

As três vitórias que obteve no PGA Tour foram as duas obtidas no US Open e em 2015, o Waste Management Phoenix Open.

Brooks Koepka recebeu um prémio no montante de 2,160 milhões de dólares (cerca de 1,8 milhões de euros) com que subiu do 40º ao 7º lugar na lista da Official Money onde regista o total de 3.955.417 dólares (cerca de 3,4 milhões de euros) obtidos nos 8 eventos que já disputou esta época.

Com os 600 pontos FedEx Cup que recebeu Koepka subiu do 46º ao 13º lugar na lista da FedEx Cup Season Points onde contabiliza o total de 1.241 pontos, que obteve no numero de eventos atrás referidos.

Na ronda final – em que se fez sentir um vento mais reduzido e as melhorias introduzidas no set up do campo - surgiu um vice-campeão que se encontrava no fim da terceira ronda na 23ª posição empatado, após ter batido 75, 66 e 78 pancadas e que na segunda ronda se encontrou no 4º lugar empatado, o inglês Tommy Fleetwood, 27 anos, que bateu na volta final 63 pancadas, o melhor resultado do torneio numa volta, tornando-se o sexto jogador a consegui tal resultado num US Open.

Este resultado que obteve, nos front-nine com, quatro birdies, quatro pars e um bogey no buraco 9, par 4, continuou nos últimos nove buracos evidenciando grande mestria, começando com dois pars fazendo de seguida quatro birdies, concluindo a volta com três pars.

Fleetwood terminou a sua prestação com mais uma pancada que Koepka.

O 3º lugar do evento foi ocupado pelo long-hitter  Dustin Johnson, 33 anos, que bateu 69, 67, 77 e 70 pancadas, 3 acima do par do campo, resultados que obteve com: 13 birdies, 44 pars; 14 bogeys; e, um double-bogey.

Dustin Johnson que venceu o US Open de 2016, começou isolado a segunda ronda, não tendo conseguido manter esta posição na ‘fatídica’ terceira jornada em que concretizou 77 pancadas, vendo-se remetido para o grupo de jogadores que lideravam o evento no fim da terceira ronda.

Os co-lideres na terceira ronda foram, como referimos atrás, Daniel Berger, Tony Finau e Brooks Koepka.

Tony Finau e Daniel Berger ao concluírem a última ronda com 72 e 73 pancadas, ocuparam, respectivamente, o 5º lugar e a 6ª posição empatados.

Os vencedores do torneio em anos anteriores, ainda não referidos, foram: o inglês Justin Rose, 37 anos, que conquistou o evento em 2013; o natural de Releigh, na Carolina do Note, Webb Simpson, 32 anos, que venceu o torneio em 2012; e, Jim Furyk, 48 anos, o capitão da Ryder Cup deste ano.

Outros concorrentes que destacamos da classificação geral do torneio obtiveram os resultados e posições indicadas: Patrick Reed – 4º/+4; Tyrrell Hanton, Xander Schauffele, Henrik Stenson – 6ºE/+6; Paul Casey, Hideki Matsuyama – 16ºE/+10; Rickie Fowler – 20ºE/+11; Bryson DeChambeau, Jason Dufner, Fancesco Molinari, Alexander Noren, Ian Poulter, Justin Thomas – 25ºE/+12; Rafa Cabrera Bello, Pat Perez, Gary Woodland – 36ºE/+13; Scott Piercy – 45ºE/+14; e, Jim Furyk – 48ºE/+16.

O esquerdino Phil Mickelson, 48 anos, também se classificou, numa posição identica à sua idade – 48º/+16, ao bater 77, 69, 81 e 69 pancadas, tendo sido penalizado na terceira jornada, no buraco 13, par 4, com duas pancadas, isto após ter efetuado quatro pancadas para aceder ao green, a que somou um putt  de cerca de 6 metros que rolou pelo green, mas que Mickelson não a deixou parar, infligindo a regra 14-5, sendo consequentemente penalizado vindo a concluir o buraco com 10 pancadas.

Foram eliminados no fim de semana, os seguintes jogadores, vencedores em anos anteriores, e estrelas do field: Jordan Spieth, vencedor em 2015, que efetuou 78 e 71 pancadas; Rory McIlroy (2011) – que efetuou 80 e70 shots; e, Tiger Woods (2008, 2002 e 2000), que concretizou 78 e 72 shots.

Outros jogadores que não passaram o cut, foram os seguintes: Bubba Watson, Jason Day; Kevin Kisner; Matt Kuchar; Luke List; Danny Willett; Charl Schwartzel; Adam Scott; Sergio Garcia; Keegan Bradley; Jon Rahm; Alexander Levy; Lucas Glover (vencedor em 2009); Graeme McDowell (2010); Ernie Els (1997, 1994); e, Martin Kaymer (2014).

Voltar

 


 

Sites


 





 



 

Revised: 20-06-2018 .